Três participações e cinco primeiras colocações - 31 de Março de 2017
< voltar

Clique na foto para ampliar
REVISTA DO ENART |  

“Foi a terceira vez que participei do Enart e nessas três edições conquistei por três vezes a primeira colocação na modalidade Gaita ponto até oito baixos e duas vezes na modalidade Gaita ponto acima de oito baixos”.

Quem afirma, todo orgulhoso, é Pablo Schelski Felix, do CTG Gildo de Freitas, de Porto Alegre. Segundo ele, conquistar a primeira colocação foi um momento único e especial, como resultado de todo seu esforço, muito embora não esperasse.

O segredo? Ter foco no objetivo, e ensaiar muito, garante ele, que não mudaria nada na trajetória até aqui. O período de preparação para o evento foi de três meses, com ensaios de duas horas por dia. O maior desafio foi conciliar os ensaios com a reta final do período letivo no colégio. Nessas horas foi fundamental o apoio dos pais, garante.

Pablo tem 17 anos e é técnico agrícola. Começou a se interessar pelos instrumentos a partir de programas de televisão gauchescos e seu ídolo é Edilberto Bérgamo. Planos para o futuro? Fazer faculdade de agronomia e ser músico nas horas vagas. Para quem participa do Enart seu conselho é: estudar bastante e manter o foco. Voltará a participar do Enart? “Certamente”.


Sandra Veroneze